ANIBELLI AFIRMA QUE REAJUSTES DA SANEPAR SÃO REFLEXOS DE POLÍTICA VOLTADA AOS INTERESSES DOS ACIONISTAS

Em discurso nesta quarta-feira (21) na Assembleia Legislativa, o deputado Anibelli Neto (MDB) contestou informações publicadas em reportagem do jornal Gazeta do Povo em que a Sanepar responsabiliza o governo do MDB pela política de reajustes das tarifas adotada pela empresa entre 2011 e 2018, quando o preço da água e esgoto subiu 139%.
De acordo com Anibelli, o reajuste na tarifa aplicado nos últimos anos é resultado de uma política que prioriza o interesse dos acionistas privados, e não da população.

Continue lendo

SENADOR REQUIÃO APRESENTA “LEI ÔNIX LORENZONI”, QUE PERDOA QUEM SE ARREPENDER POR CAIXA DOIS

O senador Roberto Requião (MDB) apresentou, nesta quarta-feira (7), no Senado, o projeto de lei já batizado de “Lei Ônix Lorenzoni”, que concede a juízes o poder de perdoar políticos que tenham se arrependido e feito pedido público de desculpas por seus crimes ou acusações.
A iniciativa do senador é uma ironia com o juiz Sérgio Moro e acontece um dia depois do juiz, numa coletiva de imprensa em Curitiba, na terça (6), minimizar as acusações de caixa dois contra o futuro chefe da Casa Civil.

Continue lendo

CÂMARA SETORIAL DA ERVA-MATE DEBATE LEI QUE CRIOU POLÍTICA ESTADUAL DE INCENTIVO APROVADA PELO DEPUTADO ANIBELLI NETO

A Câmara Setorial da Erva-Mate, realizou reunião, nesta terça-feira (6), na Sede da FIEP, para debater a Lei Estadual nº19.636, de autoria do deputado estadual Anibelli Neto, que instituiu a Política Estadual de Incentivo à Erva-Mate. Anibelli explicou que a aprovação da Lei foi um primeiro passo e de agora em diante será necessária a atuação do Poder Executivo para colocá-la em funcionamento, em benefício de todo o setor. Esclareceu que o Fundo deve ser de iniciativa de tal Poder, que deve aportar os recursos necessários para sua manutenção, e afirmou sua disposição para lutar para viabilizar tais medidas.

Continue lendo

PRAZO PARA APRESENTAR EMENDAS AO ORÇAMENTO DE 2019 É PRORROGADO ATÉ 8 DE NOVEMBRO

Deputados e senadores terão mais uma semana para apresentar emendas ao projeto da Lei Orçamentária Anual (PLN 27/18). Nesta quarta-feira (31), o presidente do Senado, Eunício Oliveira, prorrogou o prazo para até as 12 horas do dia 8 de novembro. Eunício também preside da Mesa do Congresso Nacional, que cuida das matérias orçamentárias.
Inicialmente, as emendas deveriam ser apresentadas até esta quinta (1°). Mas houve pressão para ampliar o período de apresentação pelas bancadas estaduais, que somente nesta semana começaram a se reunir para definir as emendas ao próximo orçamento.

Continue lendo