JOÃO ARRUDA DENUNCIA DEMAGOGIA SOBRE INTERVENÇÃO NO PEDÁGIO NO PARANÁ

A atitude da governadora e candidata à reeleição, Cida Borghetti (PP), de decretar a intervenção no pedágio nas rodovias do Paraná, não passa de demagogia em véspera de eleição. De acordo com João Arruda, candidato a governador pelo MDB, a iniciativa causou estranheza, ainda mais faltando três dias para os paranaenses decidirem quem irá governar o Estado nos próximos quatro anos.
“Digo isto por que o marido dela (o deputado federal e ex-ministro da Saúde, Ricardo Barros) foi a pessoa que mais trabalhou pela prorrogação dos contratos do pedágio no Paraná, quando eu era coordenador da bancada (em 2015)”, disse João. Segundo ele, a imprensa comprova isto com muitas reportagens produzidas na época, incluindo o jornal Gazeta do Povo. “É só buscar na internet”, frisou.

Continue lendo