RATINHO JUNIOR TAMBÉM PODE SER RESPONSABILIZADO POLITICAMENTE PELO MASSACRE DE 29 DE ABRIL, DIZ TRE

O candidato a governador Ratinho Junior também pode ser responsabilizado politicamente pelo massacre de professores, ocorrido em frente ao Palácio Iguaçu, no dia 29 de abril de 2015, no segundo mandato do ex-governador e candidato ao Senado, Beto Richa.
A afirmação é do Desembargador Tito Campos de Paula, do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PR), no julgamento do mérito da ação movida por Ratinho, contra vinheta de João Arruda, candidato a governador do MDB, levada ao ar no horário político eleitoral.
Na sentença, Tito de Paula julgou improcedente a ação de Ratinho Junior. “Na linha de entendimento do Tribunal Superior Eleitoral, o exercício de direito de resposta, em prol da liberdade de expressão, é de ser concedido excepcionalmente”, anotou o desembargador.

Continue lendo