SENADOR REQUIÃO PERGUNTA SE O SENADO TAMBÉM FOI TERCEIRIZADO PARA OS INTERESSES DO MERCADO

Em um pronunciamento cujo som foi insistentemente cortado pela mesa, nesta terça-feira (26), o senador Roberto Requião criticou duramente três órgãos de assessoria do Parlamento: o Tribunal de Conta da União, o Conselho de Comunicação Social e a Instituição Fiscal Independente. Segundo o senador, essas entidades não dão a mínima importância para o Congresso e agem de forma desrespeitosa e autônoma para com senadores e deputados.

Continue lendo