VICE-PREFEITO DE MARINGÁ APOIA DECISÕES DO DIRETÓRIO ESTADUAL SOBRE FIDELIDADE E CANDIDATURAS PRÓPRIAS

claudio ferdinandi maringá

No clima de preparação para o Encontro Regional e Reunião Ampliada da Executiva estadual, que o PMDB do Paraná vem realizando no processo de interiorização do partido, o vice-prefeito de Maringá, o professor Cláudio Ferdinandi (PMDB), que assumiu pela nona vez o cargo de prefeito, com as férias do prefeito Carlos Roberto Pupin, falou sobre os desafios do PMDB de Maringá. O Encontro Regional está marcado para o dia 18 de julho.

 

Ferdinandi não se furta a comentar temas que poderiam ser embaraçosos devido ao seu cargo, como, por exemplo, as eleições municipais de 2016 e as diretrizes que o PMDB do Paraná deliberou na sua última reunião do Diretório Estadual, que determina que o partido tenha candidatos a prefeito ou vice em todos os municípios do Paraná. Além de proibir a infidelidade partidária.

 

COLIGAÇÃO OU CANDIDATURA PRÓPRIA

“Atualmente temos uma coligação com o partido do prefeito Pupin. Este arranjo político pode continuar ou poderemos, se assim o partido decidir, ter uma candidatura própria”, afirmou Ferdinandi. Segundo ele, o PMDB de Maringá também terá uma chapa forte de vereadores. “Desta vez vamos fazer uma boa bancada”, garantiu.

 

O vice-prefeito disse que o PMDB de Maringá não abre mão de posições que conquistou e que o partido está alinhado aos compromissos do Diretório Estadual e da sua Executiva. “Queremos que o PMDB de Maringá seja um partido vigoroso e que conquiste cada vez mais seus objetivos para o bem do povo”, disse Ferdinandi.

 

PARCEIROS NA ADMINISTRAÇÃO

“Mais uma vez o PMDB mostra que é parceiro da administração de Maringá”, disse ele ao avaliar a importância dessa interinidade. “O prefeito Pupin tem absoluta confiança no nosso trabalho”, declarou ele que fica no cargo até o dia 30 de junho.

 

“Não há descontinuidade na administração quando assumimos o cargo. Nós somos parceiros do prefeito e participamos da gestão, de todas as atividades públicas, com a responsabilidade necessária às funções, que são equivalentes ao cargo para qual fomos eleitos”, disse o vice-prefeito de Maringá.

 

BIOGRAFIA

Cláudio Ferdinandi é natural de Cambé (PR), advogado e professor. Graduou-se em Direito pela Pontifícia Universidade Católica (PUC-PR), em Pedagogia pela Faculdade de Jandaia do Sul (Fafijan) e é mestre em Direito pela Universidade Estadual de Maringá (UEM).

Foi procurador jurídico e vereador em Palotina nos anos de 1968 a 1970. Também atuou como professor da UEM e da Fafijan, assessor da Secretaria de Estado e secretário municipal de Educação na gestão do prefeito Silvio Magalhães Barros de 1972 a 1976.

É membro suplente do Conselho Estadual de Educação, vice-presidente para Assuntos do Ensino Superior no Sindicato dos Estabelecimentos Particulares de Ensino do Noroeste do Estado do Paraná (Sinepe), diretor-presidente do Centro Universitário de Maringá (Unicesumar). Foi eleito vice-prefeito de Carlos Roberto Pupin em 2012.