MEDIDA PROVISÓRIA 795, A DA ISENÇÕES FISCAIS DO PETRÓLEO, É UMA INDIGNIDADE, REAGE SENADOR REQUIÃO

O senador Roberto Requião classificou de “vergonhosa e infame” a Medida Provisória 795 que concede todo tipo de privilégios e isenções fiscais às empresas estrangeiras de petróleo na exploração do pre-sal brasileiro. Além de isenções fiscais, calculadas em um trilhão de reais, as petroleiras são perdoadas de uma dívida de 54 bilhões de reais de impostos não pagos e ficam liberadas de comprar insumos produzidos pela indústria nacional.

Continue lendo